Maratona de Boston 2019 com nove ex-campeões na linha de partida

Nove ex-campeões da Maratona de Boston, incluindo os atuais vencedores da prova, o japonês Yuki Kawauchi e a norte-americana Desiree Linden, vão estar presentes na linha de partida da corrida deste ano, agendada para o dia 15 de abril. É a 123.ª edição do evento.

 

 

No total, a organização do evento revelou que os atletas de elite serão 82, incluindo atletas olímpicos, paraolímpicos, campeões da Abbott World Marathon Majors e campeões do mundo. De referir que, deste grupo, nove corredores já venceram a corrida. Eis a lista:

MASCULINO
2018: Yuki Kawauchi, do Japão
2017: Geoffrey Kirui, do Quénia
2016: Lemi Berhanu, da Etiópia
2015 e 2013: Lelisa Desisa, da Etiópia
2012: Wesley Korir, do Quénia

Lista da elite masculina da Maratona de Boston 2019
Lista da elite masculina da Maratona de Boston 2019

LEIA TAMBÉM
Maratona de Boston: a incrível história de superação de Tim Don

FEMININO
2018: Desiree Linden, dos Estados Unidos
2017: Edna Kiplagat, do Quénia
2015: Caroline Rotich, do Quénia
2012: Sharon Cherop, do Quénia

Lista da elite feminina da Maratona de Boston 2019
Lista da elite feminina da Maratona de Boston 2019
Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos