Jovem Jakob Ingebrigtsen assina com a Nike

Com apenas 17 anos, o norueguês Jakob Ingebrigtsen é a nova estrela da Nike, que assinou um contrato de longo prazo com uma das esperanças do Atletismo europeu. De referir que a marca norte-americana não tem como política apostar em promessas dos desportos, mas apenas em atletas consagrados.

 

Segundo a imprensa nórdica, Jakob Ingebrigtsen, que alcança a maioridade em setembro deste ano, assinou até o ano de 2024.

«Jakob conseguiu um bom contrato, que tem a duração até o ano de 2024. Ele garantiu a sua sustentabilidade económica para os próximos anos», admitiu o pai do fenómeno norueguês, Gjert Ingebrigtsen, que teve de assinar, juntamente com a mãe, Tone, o contrato, já que o filho ainda não tem 18 anos. «Estamos muito satisfeitos com este acordo», admitiu à TV 2.

De referir que a família Ingebrigtsen já tem dois atletas em casa com contratos com a Nike, os irmãos mais velhos Filip (25 anos em abril) e Henrik (27 anos no dia 24 de fevereiro). No entanto, Gjert Ingebrigtsen admite que este recente acordo é diferente dos que têm os filhos mais velhos, já que apresenta outros moldes em termos de duração e objetivos, por exemplo, assegurando ao mesmo tempo a necessária segurança para a tranquila realização dos treinos, pois só assim poderá ambicionar a desejável evolução.

Jakob Ingebrigtsen pretende estar presente no Mundial de Pista Coberta

Os valores do acordo entre a Nike e Jakob Ingebrigtsen não foram divulgados pelos seus familiares. O jovem norueguês tem como especialidade os 1500 e 5000 metros, duas distâncias que são bastante acarinhadas pelos norte-americanos.

Um dos objetivos de Jakob Ingebrigtsen nos próximos dias e meetings é alcançar a qualificação para o Mundial de Pista Coberta, em março, na cidade de Birmingham. Com o novo contrato assinado, motivos agora não faltam…

LEIA TAMBÉM

Corre 5000m em 13m35? Jakob Ingebrigtsen correu, com 16 anos…

Corre os 1500m em menos de 3m45? Ele correu, com 15 anos…

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos