Ex-futebolista Raúl vai correr a Maratona de Nova Iorque

raul

Um dos ídolos do futebol espanhol, Raúl deixou o futebol há cerca de um ano. No entanto, o eterno ex-avançado do Real Madrid não abandonou o desporto, já que vai correr a Maratona de Nova Iorque, no próximo dia 6 de novembro.

 

Partilhe pelos amigos e faça um LIKE na nossa página. Obrigado!

 

Raúl terminou a sua carreira no futebol com o título da American Soccer League, representando o Cosmos. O espanhol continua no entanto a morar em Nova Iorque e por isso decidiu participar na prova popular mais conhecida da cidade, a tradicional TCS New York City Marathon.

«Pretendo alcançar um bom tempo», afirmou o espanhol. Apesar não ser específico, a comunicação social revela que Raúl pretende terminar a prova próximo das 3h00, alcançando assim um tempo semelhante ao obtido pelo treinador do Barcelona, Luis Enrique, que correr a mítica distância em 2h57, concretamente na Maratona de Florença.

De referir que Raúl, ao lado da sua mulher, já correu a Meia-maratona de Nova Iorque, alcançando o tempo de 2h06m03.

Raúl revela nas suas redes sociais a rotina dos seus treinos, que incluem os longos de 25 quilómetros, os fartlek ou os trabalhos de força e técnica.

https://www.youtube.com/watch?v=2ZVEtoyGHRU

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos