EUA: Lagat alcança qualificação para os Jogos Olímpicos aos 41 anos

lagat1

Contra todas as previsões, Bernard Lagat, de 41 anos, conquistou um lugar na comitiva dos Estados Unidos nos Jogos Olímpicos do Rio, que começam oficialmente no dia 5 de agosto. O norte-americano ganhou os “trials” dos 1500 metros.

 

Partilhe pelos amigos e faça um LIKE na nossa página. Obrigado!

 

Com esta qualificação, Lagat, de origem queniana (obteve a nacionalidade dos Estados Unidos em 2004) tornar-se-á no corredor norte-americano mais velho a participar nuns Jogos Olímpicos (comemora 42 anos em dezembro). O fundista ultrapassa assim Johnny Kelley, que correu a Maratona dos Jogos de 1948 com 40 anos e 336 dias.

De origem queniana, Lagat terminou a corrida com o tempo de 13m35s50.

De referir que Lagat conquistou com o Quénia a medalha de prata e bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 e Sidney 2000, respetivamente.

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos