Atleta paraolímpico correu 31 Maratonas em 31 dias

Recentemente, o atleta paraolímpico norte-americano Rob Jones, que conquistou uma medalha de bronze em Londres 2012, alcançou mais um feito na sua carreira, após correr 31 Maratonas em 31 dias consecutivos.

 

Jones é um exemplo para milhões de pessoas nos Estados Unidos, fruto da sua medalha olímpica, mas principalmente devido aos seus feitos extradesportivos. Após atravessar os Estados Unidos entre 14 de outubro de 2013 e 13 de abril de 2014 em bicicleta (no total, cerca de 8500 quilómetros), num desafio que durou 181 dias, o ex-Marine decidiu correr 31 Maratonas em 31 dias.

O objetivo foi recolher donativos para os veteranos de guerra. Recorde-se que Jones foi obrigado a amputar as pernas após pisar uma mina terrestre no Afeganistão, em 2010.

Para este desafio, Jones, de 32 anos, percorreu mais uma vez várias cidades dos Estados Unidos, como Filadélfia, Los Angeles, Albuquerque, Memphis, Houston ou Washington. No total, o ex-Marine conseguiu reunir cerca de 115 mil euros para a sua causa, que continua ativa apesar do seu término.

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos