Pão e leite não ajudam a ter uma Barriga Fit

No quarto dia d´«A Semana “começar uma nova vida durante o Verão”», a nutricionista Izabel de Paula, autora do livro «Barriga Fit», alerta para o “perigo” do pão e do leite

 

A DIETA & A BARRIGA FIT

 

O cardápio do meu plano é, como já disse, um cardápio a pensar numa barriga fit, certamente, mas sobretudo a pensar no lado prático da vida. Escolhi para si um cardápio da vida para a vida: vai ter mais saúde, menos ansiedade, perder barriga, peso e, alegre‑se, vai ter muita liberdade. No meu cardápio Barriga Fit não vai encontrar um quebra‑cabeças de pratos para cada um dos dias da semana. Para quebra‑cabeças já basta não saber onde esconder o inestético pneu.

O meu cardápio Barriga Fit é um cardápio ao qual pode facilmente ter acesso em sua casa, no restaurante, ou em casa de amigos. Vai encontrar várias hipóteses para cada uma das refeições diárias:
pequeno‑almoço, almoço, lanche, jantar e merendas. A escolha será sua. Pode repetir a mesma opção todos os dias ou variar, o que é mais indicado e saudável, evidentemente. Existem opções mais fit do que outras, como, por exemplo, os ovos, que são um excelente aliado para secar gordura, mas tudo depende de como se for sentindo. Se se sentir com mais força, avance para escolhas mais exigentes, se se sentir com menos força, avance para escolhas menos exigentes. Uma coisa lhe garanto: o meu cardápio Barriga Fit vai fazer com que emagreça, perca volume abdominal, melhore a função intestinal, ganhe energia… e todas as opções fazem perder barriga, se respeitadas à risca. 

barriga-fitVai ficar espantada com os resultados e com a facilidade de os conseguir. Prometo. Vai perder gordura, ganhar boa forma, secar, tonificar e… comer. Garanto‑lhe que a sua barriga nunca mais vai querer
outro cardápio. 

Para lhe facilitar a vida e não ter que lhe prescrever um alimento específico para cada dia e refeição, o que, na minha opinião, não faz sentido nos dias agitados que vivemos, vou fornecer‑lhe uma lista de sugestões que pode consultar sempre que tiver dúvidas.

Ou seja, não lhe vou pedir que coma numa manhã um kiwi, na manhã seguinte dez morangos, na outra uma rodela de ananás e por aí em diante…. Não! Esta é uma dieta da vida, para a vida. Por isso, vou tão simplesmente pedir‑lhe que coma, por exemplo, fruta ou peixe, ou legumes ou carne. A escolha do tipo de fruta, de peixe, de legumes ou de carne será sua. As dicas que se seguem são orientadoras. Se quiser saber o índice glicémico de cada alimento, por exemplo, saber se sofre de alguma intolerância alimentar e quais os alimentos mais adaptados à sua saúde, digamos assim, aconselho uma consulta detalhada e completa com a nutricionista Ana Paradela. 

Barriga Fit: um “pecado” chamado pão e leite

• Quando falo em fruta… falo em qualquer peça de fruta fresca. (Para eliminar a celulite, dê preferência ao ananás e à toranja).

• Quando falo em salada… falo em vegetais crus que se saboreiam numa boa salada como, por exemplo, alface, aipo, agrião, acelgas, beterraba, cenoura, cebola, coentros, endívias, pepino, pimento, rúcula, rabanete, tomate… 

• Quando falo em legumes… falo em vegetais cozidos que utilizamos nas sopas ou no acompanhamento de carnes e peixes, como por exemplo, alho, alho francês, aipo, abóbora, batata, batata‑doce, beringela, brócolos, chuchu, couve‑flor, couve lombarda, couve portuguesa, cenoura, cebola, curgete, espargos, feijão‑verde, grelos, nabo, repolho…

• Quando falo em leguminosas… falo em ervilhas, favas, todos os tipos de feijão (branco, manteiga, encarnado, preto, catarino, frade…), grão e lentilhas.

• Quando falo em sementes de linhaça e cânhamo… falo em uma ou duas colheres de sopa destas sementes por dia (contêm fibras e proteínas vegetais).

• Sobre a água… beba água engarrafada de preferência com um pH>7, que pode tomar pura ou aromatizar com paus de canela, gotas de lima, limão ou uma colher de chá de vinagre de cidra,
caso lhe custe beber água simples. Deve beber a água fora das refeições. 1,5 litros a 2 litros de água por dia é o suficiente. Se for dispendioso comprar água engarrafada, encha todos os dias uma garrafa de 1,5 l com água da torneira. O importante é que beba água todos os dias sem exceção. Se acha que a água que
bebe é insuficiente, fixe um horário para beber água regularmente.

• Está lá?! É do SOS Gulosas?… Se sentir uma vontade repentina de comer um doce, opte por um chocolate preto com >70% de cacau. É claro que não lhe proponho comer o chocolate inteiro; um, dois, três quadrados, no máximo, se precisar mesmo desse conforto. Se estiver numa festa rodeada de doces e não conseguir resistir à tentação, opte por um doce que não contenha farinha.

• E se eu confessar que comi pão e bebi leite?… Bem, quando uma cliente se deita na minha marquesa e me pede uma barriga lisa, eu, em contrapartida, peço‑lhe que, ao acordar, elimine o pão e os lacticínios. No entanto, a maioria protesta mais quando ouve isso do que quando fala da inestética celulite. Ao longo dos anos, tenho vindo a aperceber‑me de que é penoso para muitas mulheres cortar com o pão e o leite ao pequeno‑almoço. Assim sendo, por ser testemunha dessa agonia, e porque acredito que é melhor a menor das ações do que a maior das intenções, decidi perdoar no meu plano o pecado do pão e do leite… ao pequeno‑almoço.

Que fique, no entanto, bem claro que o caminho mais rápido para chegar à tão desejada barriga fit é cortar com o pão e o leite, mas se for viciada em lacticínios e não conseguir abrir mão desta dupla matinal um único dia, e/ou se isso representar para si uma agressão, não desista de ser saudável por tão pouco. Beba tranquilamente um copo de leite e coma o seu pão, ao pequeno‑almoço.

Se gostar, coma um iogurte com granola (esta opção será sempre uma asneira menor que a do leite e pão). Sem a culpa do pecado ou sem a culpa do pecado mortal, digamos assim. Vá introduzindo, calmamente, as opões certas para um pequeno‑almoço Barriga Fit nos dias em que se sentir com mais energia e eliminando, a pouco‑e‑pouco, a opção errada do pão e do leite.

O que lhe contraproponho, é que viva em constante ato de contrição. Se comer pão ao pequeno‑almoço, adicione mais dez minutos ao seu exercício diário, por exemplo. Se beber leite ao pequeno‑almoço, esqueça que existem elevadores. E por aí em diante… Não lhe vou mentir, se tiver excesso de gordura abdominal, vai demorar muito mais tempo a ter uma barriga fit se não prescindir, numa primeira fase, de beber leite e comer pão, mas se for só esse o seu pecado… que atirem a primeira pedra. Com o tempo, verá, será o seu corpo a pedir‑lhe que pare.

 

LEIA TAMBÉM

O glúten, a lactose, os alimentos saudáveis (e os menos)…

Barriga Fit desmitifica os mitos da corrida e dos abdominais

Os segredos das massagens

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos