Os alongamentos dos nossos dias (VIII)

Professor do Departamento do Estudo da Ciência do Exercício & Desporto da Universidade de Rutgers, em New Jersey, o especialista Shawn Arent defende que não devemos fazer alongamentos estáticos. Se tal acontecer, há uma forte probabilidade do aparecimento de lesões, já que não devemos alongar músculos “frios”. O segredo é fazer um alongamento dinâmico, defende o especialista. Aos fins-de-semana revelamos os músculos que costumamos alongar nas mais diversas posições através das imagens retiradas do livro “Encyclopedia of Pilates Exercises”, de Vicky Timon.

 

 

 

 

 

LEIA TAMBÉM

Os alongamentos dos nossos dias (VII)

Os alongamentos dos nossos dias (VI)

Os alongamentos dos nossos dias (V)

Os alongamentos dos nossos dias (IV)

Os alongamentos dos nossos dias (III)

Os alongamentos dos nossos dias (II)

Os alongamentos dos nossos dias

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos