Vera Nunes reconhece a importância da «lebre de luxo»/treinador António Sousa

Vera Nunes tinha confiança em conquistar um bom resultado na Maratona de Zurique, mas a verdade é que o triunfo foi uma vã esperança durante cerca de 25 quilómetros. Todavia, o triunfo acabou por acontecer, muito devido a sua lebre de luxo, o treinador António Sousa. Estamos no segundo dia d´«A Semana de sonho em Zurique».

 

Esperava alcançar o triunfo? Ficou surpresa com o seu feito?
Havia acesso à lista dos atletas de elite e, tendo em conta essa lista, a possibilidade de acabar no pódio era grande. No entanto, em 42 km tanta coisa pode acontecer…! Fui para a partida com os receios de sempre. Logo no primeiro quilómetro fiquei em terceira e, pouco a pouco, a primeira colocada ficava cada vez mais distante. Foram mais de 25 km a pensar que não conseguiria a vitória. Quando finalmente a consegui avistar (ela acabou por desistir…), percebi que estava a correr muito mais forte do que ela e que não deveria ser difícil vencer a prova.

LEIA TAMBÉM
Vera Nunes: «Maratona de Zurique é uma boa prova para tentar bater recordes pessoais»

Qual foi a estratégia utilizada? Qual era o seu plano inicial?
O plano inicial era tentar bater o recorde pessoal e conseguir a melhor classificação possível. A estratégia é sempre a mesma: tentar fazer uma primeira parte da prova a um ritmo controlado e, depois, tentar andar mais rápido. Se o corpo permitir…

Chegou com cerca de 18 minutos de vantagem sobre a segunda classificada. Se não estou enganado, teve uma lebre que correu ao seu lado. Quem era e qual a importância que teve na sua vitória?
De facto, fiz grande parte da prova sem nenhuma adversária “à vista”. Quando assim é, o papel da lebre é muito importante. E, no meu caso, tive uma lebre de luxo: o meu treinador António Sousa. Já corremos várias provas, incluindo Maratonas. Também treinamos quase sempre juntos. Ele conhece-me bem como atleta e isso foi fundamental para ter chegado à vitória e ter conseguido fazer o tempo que fiz.

Publicado por António Sousa em Domingo, 9 de Abril de 2017

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos