Muita lama e a(l)titude na estreia de Bárbara Fernandes a representar Portugal

Bárbara Fernandes, que começou a correr há três anos, alcançou a melhor classificação de uma atleta portuguesa no recente Campeonato da Europa de SkyRunning, evento englobado no Gorbeia Suzien Ternua, em Zeanuri, Espanha. No total, 4h49 para ultrapassar 31 quilómetros e um desnível positivo de 2400 metros (35.ª colocada no ranking feminino). A quantidade de lama e a altitude marcaram as recordações da primeira internacionalização da atleta.

 

Satisfeita com o resultado final? Era o que esperava?
Sim, fiquei satisfeita com a posição que alcancei. Não iniciei a prova com grandes expetativas de posição, mas tinha imaginado ser possível um tempo à volta das 4h30-4h45 mediante o desnível e a distância em outras provas que tinha realizado. No entanto, como nos últimos dias choveu bastante, os trilhos ficaram bastante mais difíceis e perigosos, ou sejam, a progressão acabou por ser mais lenta do que tinha imaginado. As subidas, onde pensava que seria possível correr/trotar, acabaram por ser a caminhar, de tão escorregadias e inclinadas que eram.

Qual a estratégia que utilizou para a corrida?
Em provas até 30 km nunca tenho uma grande estratégia. É ir ao máximo, consoante o corpo deixar, e ir gerindo sempre bem o esforço, conforme o perfil da prova. Mas tinha planeado deixar alguma energia para a descida final, que julgava que seria rápida, o que acabou por não se verificar. Os trilhos eram autênticos rios de lama e estavam bastante danificados com a passagem dos outros atletas.

 

LEIA TAMBÉM
Hélio Fumo foi o melhor português no Campeonato da Europa de Skyrunning
Calendário da Skyrunner World Series diminuiu de 23 para 18 provas
Marco de Gasperi e Sheila Avilés vencem modalidade Sky na Skyrunner World Series deste ano

 

Como descreveria o percurso?
Gorbeia brindou-nos com o melhor do país basco: um lindo dia de Sol, com um terreno difícil pois tinha chovido bastante nos dias anteriores à prova.  A primeira subida, de 7 km, foi em floresta, com trilhos de lama e pedra escorregadios. Depois passámos por uma zona mais rochosa, incluindo uma crista de pedras afiadas, à qual se seguiram verdejantes prados de desnível acentuado (20-30%). Alcançados os 13 km e 1480m de altitude, vislumbrámos o segundo pico da prova, cheio de pedra. Mas antes ainda teríamos de descer novamente à floresta por trilhos técnicos e sinuosos para voltarmos então a fazer a subida, que terminou em escalada no pico Aldamin. Dai à meta foram só 12 km, sete dos quais em rios de lama de difícil progressão.

Relacionamento entre a comitiva portuguesa foi excelente, garante Bárbara Fernandes

E as principais dificuldades?
Correr com tanta lama e os desníveis acentuados durante tantos quilómetros.

O que poderia falar sobre a prova em si? É bastante diferente do habitual que costuma correr?
Sim, muito diferente, embora habitualmente treine numa serra com muita pedra, o que permite treinar alguma destreza de movimentos. O mais difícil foi mesmo as subidas e descidas intermináveis, com desníveis muito acima da média. Por exemplo, a primeira subida, de 13 km e 1700 de desnível positivo, terminava com 2 km e D+ 500m; a última descida tinha 12 km e um desnível negativo de 1200m . Treino uma vez por semana numa serra com 430m de altitude, em que a maior subida/descida tem 2 km. Portanto, as realidades são muito diferentes.

 

A beleza de Gorbeia Suzien Ternua marcou Bárbara Fernandes
A beleza de Gorbeia Suzien Ternua marcou Bárbara Fernandes

 

E como foi o relacionamento com a restante comitiva nacional? Houve uma estratégia de conjunto, por exemplo?
Foi excelente. Estávamos bastante unidos em torno da nossa primeira internacionalização (para quase todos) e com o objetivo de deixar tudo na montanha e dar o nosso melhor. A estratégia era simples: se cada um der o seu melhor, será o melhor para a equipa.

Qual o objetivo solicitado pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal?
Darmos o nosso melhor!

Leia a segunda parte da entrevista amanhã, terça-feira

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos