Van Neikerk, o homem Sub-10 nos 100m, Sub-20 nos 200m, Sub-31 nos 300m e Sub-44 nos 400m

Wayde van Neikerk surpreendeu o Mundo no ano passado ao registar um novo recorde do Mundo nos 400 metros, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, algo que repetiu agora em Ostrava nos nos 300 metros.

 

Como aconteceu nos 400 metros, também nos 300 metros Van Neikerk tirou o nome do norte-americano Michael Johnson do quadro de homem mais rápido do Mundo nas duas distâncias. No Rio de Janeiro, o sul-africano registou 43s03 nos 400m (a anterior marca era de 43s18); em Ostrava, o tempo foi de 30s81 (Johnson correu em 30s85). Nos 300m, Van Neikerk relegou ainda Usain Bolt para o terceiro lugar do pódio, já que o “Raio” aparecia logo atrás de Johnson, concretamente com o tempo de 30s97.

 

IMPRESIONANTE > Wayde Van Niekerk 30.81 300m WORLD RECORD! Ostrava 2017

Publicado por Mente Atleta Olimpico em Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

 

Ou seja, muitos acreditam que o sucessor do jamaicano, a principal estrela mundial do Atletismo na última década, que vai dizer adeus no Mundial de Londres, em agosto, está encontrado, pois Van Niekerk tem tudo para alcançar mais feitos na sua carreira, já que tem apenas 24 anos. O próprio Bolt referiu em Ostrava que o sul-africano estava pronto para o desafio. «Ele está definitivamente no bom caminho», referiu.

O sul-africano admitiu entretanto em Ostrava que sentia um certo alívio por ter superado o registo mundial de Michael Johnson, que muitos acreditavam ser imbatível. «Era algo que muitos cobravam, era bastante mencionado por todos, populares e imprensa. Ou seja, este objetivo estava na minha mente. A verdade é que não podes fechar os olhos, mas isso acaba por provocar algum nervosismo. Agora as pessoas sabem que o registo mundial dos 400m e 300m são meus e portanto não me vão chatear o tempo todo», referiu entre risos ao site da IAAF.

 

VAN NIEKERK E O MUNDIAL DE ATLETISMO DE LONDRES

 

No Mundial de Londres, entre 5 e 13 de agosto, o sul-africano vai procurar conseguir um feito só alcançado pelo norte-americano Michael Johnson: vencer os 200m e os 400m, o que aconteceu no Mundial de Gotemburgo, em 1995 (e nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996). Para isso conta com a preciosa ajuda de Ans Botha, de 75 anos. Ao contrário do que era habitual, a treinadora da jovem revelação faz com que o ápice da velocidade de Van Niekerk ocorra próximo dos 300 metros, em vez dos 200m, como acontecia até então. Esta mudança de paradigma exige do corredor uma constância de velocidade muito maior, relegando para “segundo plano” a resistência.

De referir que o duplo hectómetro está a gerar enorme expetativa no Mundial de Londres, sendo uma das provas mais aguardadas do certame. Apesar do sul-africano não correr contra Usain Bolt, já que o jamaicano prescindiu da prova, centrando a sua atenção nos 100 metros, muitos acreditam que Van Niekerk poderá causar alguma surpresa na distância, concretamente o recorde do Mundo, embora tenha de realizar uma prova de sonho, já que a diferença entre a sua melhor marca pessoal e o registo mundial ainda é bastante assinalável. No entanto, alguns especialistas não descuram que tudo pode acontecer, embora o grande objetivo do sul-africano seja alcançar novamente o recorde do Mundo nos 400m e vencer os 200m, mesmo sem registo mundial…

De salientar que Van Neikerk é o único atleta na História a alcançar Sub-44 nos 400m, Sub-31 nos 300m, Sub-10 nos 100m e Sub-20 nos 200m. No hectómetro, tem como marca pessoal 9s94 (o recorde do mundo é de 9s58, na posse de Bolt), enquanto nos 200m apresenta como cartão de visita 19s84 (19s19, novamente na posse de Bolt).

 

O triunfo em Ostrava

 

Números e feitos que fazem com que o Mundo tenha encontrado finalmente o sucessor de Bolt, que reinou durante uma década no Atletismo mundial. Numa época na qual há poucas referências, apesar delas serem uma necessidade, Van Neikerk surge como um furacão e parece estar à vontade para assumir esse cargo, apesar de não ter o carisma de Bolt, o que compensa com a sua extrema simpatia. Agora é esperar que as lesões não o apoquentem. O Atletismo precisa disso…

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos