Mundo do Trail e do Montanhismo ainda lamenta morte do jovem Tom Carsolio

Uma das promessas do Trail, o francês Tom Carsolio, de apenas 19 anos, morreu na última terça-feira, uma morte que ainda é hoje lamentada na modalidade. Kilian Jornet foi um que não escondeu a sua tristeza…

 

A polivalência de Carsolio, estudante de Ciência e Engenharia Ambiental em Lausanne (Suíça) e membro da equipa Chamonix Mont Blanc Marathon, era salientada por todos, já que o gaulês, além do trail running, era um exímio praticante de montanhismo e slackline.

 

Tom Carsolio era um profundo praticante de Trail
Tom Carsolio era um profundo praticante de Trail

 

A morte de Carsolio ocorreu devido a uma avalanche no Mont Blanc, concretamente em Col de Miage. O jovem encontrava-se no refúgio quando aconteceu a tragédia. Mesmo amparado por um amigo momentos depois, a verdade é que Carsolio não conseguiu resistir aos ferimentos sofridos devido a derrocada que assolou o refúgio.

Kilian Jornet lamentou a morte de Tom Carsolio

A morte do francês causou estupor e perplexidade no mundo do Trail e do montanhismo. Nem mesmo a referência Kilian Jornet ficou indiferente, colocando um sentido post na sua página do Facebook.

«É complicado explicar o que sinto. Carsolio era muito talentoso em tudo o que fazia para a sua idade: trail, esqui, alpinismo, slackline… Ainda mais quando nos fazia sonhar com a sua paixão, a sua maneira de imaginar, de criar… Adeus Tom, muita força para a família e amigos. Se a montanha tira a nossa alegria, é também porque ela dá. Continuemos a correr, a escalar e a fazer slackline. Continuemos a sonhar e a imaginar.»

 

Dificile a partager les sentiments, tellement talentueux a tout ce que il touchait a son jeune âge; trail, ski,…

Publicado por Kilian Jornet em Terça-feira, 24 de Outubro de 2017

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos