Apenas 19 homens correram mais rápido do que Shalane Flanagan na Maratona de Nova Iorque

Shalane Flanagan, de 36 anos, foi a vencedora da Maratona de Nova Iorque no passado domingo, oferecendo o triunfo aos Estados Unidos após 40 anos. Quando todos apostavam na quarta vitória consecutiva da queniana Mary Keitany, a norte-americana cortou a linha da meta, causando estupor em muitos especialistas. À sua frente, apenas 19 homens…

 

A Maratona de Nova Iorque, considerada “a” Maratona por milhões de maratonistas, teve como finalistas 29583 atletas masculinos. Destes, apenas 19 foram mais rápidos do que Flanagan (melhor tempo pessoal de 2h21m14, alcançado em Berlim 2014), que correu a prova em 2h26m53 (Keitany terminou com o tempo de 2h27m54). Um “pequeno” dado que demonstra a grandeza alcançada pela norte-americana, que não conseguiu esconder a emoção após cortar a linha da meta no Central Park. Através das imagens, é notório verificar que nem Flanagan acreditava no que tinha acabado de alcançar.

 

Shalane Flanagan gana el Maratón de Nueva York

La estadounidense Shalane Flanagan gana el Maratón de Nueva York, imponiéndose a todas las atletas africanas. 2h26:52. Más de 40 años sin que ganara la carrera una atleta local #NYCmarathon

Publicado por Foroatletismo em Domingo, 5 de Novembro de 2017

 

Não era para menos, já que a última vitória de uma atleta dos Estados Unidos na “mãe de todas as Maratonas” tinha ocorrido no já longínquo ano de 1977, concretamente com Miki Gorman, com o registo de 2h43m10.

«Desde pequena que sempre sonhei com um momento como este. Esta vitória significa muito para mim e para a minha família. Espero que esta vitória, ao mesmo tempo, inspire a próxima geração de mulheres norte-americanas, que sejam pacientes. Foram sete anos de muito trabalho, trabalhei sete anos por este momento», afirmou Flanagan. «Foi uma semana dura para os nova-iorquinos e para os Estados Unidos devido aos recentes ataques terroristas à cidade. Durante a prova pensei que a minha vitória seria um presente para todos.»

Melhor tempo de Flanagan na Maratona foi em Berlim

O sorriso contagiante de Shalane Flanagan
O sorriso contagiante de Shalane Flanagan

Nome importante do atletismo norte-americano nos últimos anos, a maior glória de Flanagan até o passado domingo foi alcançada há cerca de nove anos, concretamente nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. Na altura, ganhou a medalha de bronze nos 10 mil metros, com o tempo de 30m22s22, atrás da etíope Tirunesh Dibaba (29m54m66) e da turca Elvan Abeylegesse (29m56s34), que acabou por perder a medalha de prata no último mês de março devido a uma análise antidoping, com Flanagan a herdar o metal. Além de Flanagan, apenas mais uma atleta tinha ganho uma medalha olímpica nos 10000 metros para os Estados Unidos.

A vencedora da Maratona de Nova Iorque no último domingo tem ainda em seu poder os melhores tempos dos Estados Unidos em Pista Coberta nos 3000m (8m33s25) e 5000m (14m47s62), além dos 15 km (47m00). Ganhou também a medalha de bronze no Mundial de Corta-mato, em 2011.

Na Maratona, Flanagan tem agora no seu curriculum cinco provas. A primeira aconteceu em 2010, precisamente em Nova Iorque, quando terminou a corrida em 2h28m40, obtendo o segundo lugar naquele ano (20 segundos mais lenta do que a queniana Edna Kiplagat). O seu melhor tempo aconteceu em 2014, em Berlim, quando correu a distância em 2h21m14. Nos Jogos Olímpicos de Londres, com 2h25m38, em 2012, alcançou o 10.º lugar. No mesmo ano, na Meia-maratona de Lisboa, foi a primeira a terminar a prova, com o tempo de 1h08m52 (o seu melhor tempo na distância é 1h07m51).

Antes de domingo, a norte-americana tinha revelado que, após a Maratona de Nova Iorque, estava a ponderar a sua reforma em caso de vitória. E a verdade é que ela acabou por acontecer. Todavia, todos perguntam agora se Flanagan realmente estava a falar a verdade, pois muitos garantem que ela nunca imaginava que conseguiria tal feito. Mas conseguiu, com um enorme sacrifício, mas também com lágrimas de alegria que acabaram por justificar toda a sua entrega nestes últimos sete anos.

O Top 20 masculino da Maratona de Nova Iorque
O Top 20 masculino da Maratona de Nova Iorque
Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos