Aprende a meditar

Atualmente, há tantos locais onde podes aprender a meditar que já não tens desculpa. A meditação é uma excelente arma para lidar com desafios da vida, o que inclui as provas em 2018. Se meditares, vais ser tu a correr, mas mais forte!

 

Ganha mais energia com os nossos conselhos! São dicas tão simples que às vezes até nem sabemos se as devemos dizer ou não, mas de facto se, não tomarmos consciência destas coisas, com certeza que não as vamos fazer.

Levanta-te ao primeiro toque
Está provado que as pessoas que se levantam ao primeiro toque do despertador são mais ativas durante o dia do que as pessoas que deixam o despertador tocar vezes sem conta. É preferível que permita a si mesmo dormir mais um quarto de hora e levantar-se à primeira, do que tentar despertar mais cedo se não consegue levantar-se logo da cama.

Espreguiça-te como um gato
Espreguiçar é um prazer e simultaneamente um bom aquecimento dos músculos para o quotidiano. Irás sentir-te “mais solto” e disponível para enfrentar o dia.

Faz 10 inspirações profundas quando te levantares
Se tiveres uma janela que dá para um “local verde” com sol matinal, então provavelmente o teu dia será perfeito. De qualquer maneira, respira profundamente para oxigenar o sangue, ativar os tecidos cerebrais e aumentar a disponibilidade para resolver problemas. Experimenta e irás sentir os benefícios desta técnica.

Começa o dia com 5 minutos de exercício
Por muito que madrugues, podes treinar, nem que sejam cinco minutos. Simples alongamentos, extensões de braços e abdominais poderão fazer maravilhas. O movimento ativa a circulação após uma noite de descanso e estimula a energia mental e física.

Mais quatro conselhos para meditar

Duche energético: uma injeção estimulante sem cafeína
Utiliza um gel de duche revigorante e termina o banho com água fria. Despertará num instante.
Receita para um gel mais revigorante: Gel de banho de Avena – junta 5 gotas de um dos óleos estimulantes, os quais poderá adquirir numa -farmácia ou supermercado (menta, limão, alecrim, abacate…).

Enche o depósito com um pequeno-almoço energético
Tens tudo para começar bem o dia. Algo tão simples é muitas vezes esquecido ou ignorado. Se fores daquelas pessoas que de manhã não tem apetite, verás como passarás a ter, após o duche energético e os exercícios. Se tiveres pouco tempo, basta um batido ou copo de leite para enfrentar o dia com muito mais energia. Outra vantagem está no controlo do peso. Regra geral, as pessoas que tomam o pequeno-almoço têm um maior equilíbrio energético durante o dia e por isso têm maior facilidade em manter o peso.

LEIA TAMBÉM
A união da Yoga com a Corrida para a melhoria da nossa perfomance

Aumenta a ingestão de antioxidantes
As vitaminas C, A e E atuam como antioxidantes naturais e ajudam a combater os efeitos dos radicais livres e outras substâncias tóxicas no nosso organismo. A vitamina C melhora a absorção do ferro, mineral cuja carência provoca cansaço e fadiga. A vitamina E ajuda a aumentar a resistência física, atrasa o processo de envelhecimento e doenças a ele associadas. A vitamina A melhora o estado da pele, potenciando também os efeitos das anteriores.

Recarrega o depósito B
Apesar de todas as vitaminas serem necessárias e complementares, as do complexo B são imprescindíveis para obter energia dos alimentos pois ajudam a aproveitar realmente as suas calorias. Se estiveres a passar por uma época de stresse ou fadiga crónica, talvez seja aconselhável tomar um suplemento de vitamina B.

 

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos