As lesões na Maratona

No próximo domingo realiza-se a Maratona de Berlim, palco principal dos últimos recordes do Mundo dos 42,195 km (nos últimos dez registos mundiais, seis foram alcançados na cidade germânica). Principal objetivo da maioria dos amantes da corrida, a preparação para a Maratona também é a grande responsável pelo surgimento de lesões, que afetam os milhões de corredores anónimos um pouco por todo o Mundo.

 

Quais são os principais motivos para o aparecimento de algumas lesões durante a preparação de uma Maratona? A revista 100% Corrida deste mês, que tem como capa de setembro o triatleta Miguel Carneiro, que nadou 11,4 km, pedalou 540 km e correu 126,6 km, aborda precisamente este assunto, um texto que deve ser lido com alguma atenção pelos corredores. Evidentemente que as lesões surgem devido a uma falta de planeamento adequado e a falta de um acompanhamento profissional durante os treinos. Sem estes dois “elementos”, dificilmente as lesões não ocorrerão ao longo da preparação da Maratona, que, em média, tem a duração de quatro meses.

No entanto, «é evidente que grande parte do pelotão de qualquer Maratona não tem um treinador. E o principal problema do corredor amador é que, devido a exigência dos treinos e o aumento gradual da quilometragem semanal, inevitavelmente existirá uma maior probabilidade do surgimento de lesões».

Segundo vários estudos sobre o tema, as lesões ocorrem principalmente devido ao excesso de quilometragem por parte dos corredores durante a preparação. Na realidade, algo existente devido a um “mito urbano” que teima em ser “ouvido” pelo corredor amador, que acredita que, na preparação para uma Maratona, correr centenas e centenas de quilómetros é absolutamente obrigatório, uma “crença” que não se coaduna com as mais recentes pesquisas sobre o tema.

As causas das lesões na Maratona

As causas das lesões na Maratona, além do excesso de quilómetros, são os seguintes:

  • Abuso de superfícies duras (estrada, pista, etc.)
  • Descompensação de alguns grupos musculares
  • Estresse articular
  • Estresse emocional
  • Falta de descanso e recuperação
  • Má alimentação
  • Má higiene postural
  • Sapatilhas inadequadas

Leia ainda na 100% Corrida quais são os problemas físicos e lesões mais comuns dos maratonistas, além de alguns conselhos para que as mesmas não surjam. Por exemplo, para evitar os problemas nos joelhos, devemos fortalecer e alongar os quadricípites, além de fazermos massagens de descarga.

Clique na imagem para ler o artigo
Clique na imagem para ler o artigo
Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos