Grand Slam do UItra Trail está em risco

 

Se no ténis o Grand Slam é formado pelo Open da Austrália, por Roland Garros, por Wimbledon e pelo US Open, no Ultra Trail o Grand Slam é formado também por quatros competições, todas nos Estados Unidos, concretamente a Western States 100 Mile Endurance Run, Vermont 100 Mile Endurance Run, Leadville Trail 100 Mile Run e Wasatch Front 100 Mile Endurance Run. No entanto, fazer as quatro provas no mesmo ano e ser conhecido na modalidade como “Slammers”, está definitivamente ameaçado.

 

Partilhe pelos amigos e faça um LIKE na nossa página. Obrigado! 

 

A ideia do denominado ”Grand Slam of Ultrarunning” foi criada por Fred Pilon, da Ultrarunning Magazine, em 1985. Na altura, as provas de 160 km não eram frequentes e por isso completar as quatro provas num único ano era algo sobre-humano (o que acontece ainda hoje…), ainda mais quando estávamos, de certo modo, no princípio de tudo. Por ser a última das quatro provas do calendário, coube desde sempre a estrutura da Wasatch Front 100 Mile Endurance Run a organização desta “competição”. O primeiro atleta a ser reconhecido como “Slammer” foi Tom Green, em 1986.

Altimetria das quatro provas do Grand Slam Ultrarunning

 

Tanto ontem como hoje, ser um “Slammer” para um ultra-maratonista é como conquistar uma medalha de ouro olímpica. Por isso, é com uma enorme desilusão que a modalidade olha para a decisão dos organizadores da Leadville 100, que, à semelhança do que já acontecera na Western States, deixou de assegurar o dorsal aos atletas que ambicionam correr a quatro provas no mesmo ano, tudo devido ao elevado número da procura para a escassa oferta de inscrições.

Ou seja, agora, para um corredor sonhar ser um “Slammer”, além do seu esforço, entrega e querer, terá de contar principalmente com a sorte, terá de esperar que os Deuses da Fortuna façam com que o seu nome seja sorteado em duas provas, na Western States 100 Mile Endurance Run e na Leadville Trail 100 Mile Run (de referir que Vermont e Wasach Fornt continuam a assegurar os dorsais para os potenciais “Slammers”).

As medalhas das quatro provas do Grand Slam Ultrarunning

 

Para termos uma ideia da dificuldade de completar o Grand Slam, em cerca de três décadas, apenas 300 atletas conseguiram concluir as quatro provas no mesmo ano, ou seja, uma média de dez por ano. Uma cifra que deverá ficar ainda mais reduzida com esta decisão dos organizadores da Leadville Trail 100.

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos