Mais cinco conselhos para baixar o índice glicémico

Para baixar o índice glicémico é necessário seguir regras relativamente simples. Como estas cinco que agora revelamos, que devem ser somadas as cinco de segunda-feira.

 

Integral, sem dúvida
Por exemplo, se comparares o arroz branco com o arroz integral, irás perceber que o branco tem um IG de 69 e o integral tem um IG apenas de 50. Quanto menos refinados forem os alimentos, mais fibra contêm, mais lenta é a sua digestão e a libertação de glucose no sangue, o que diminui o índice glicémico

O dilema dos lacticínios
Ainda que os queijos sejam alimentos de baixo IG pela sua riqueza em proteínas, estes produtos lácteos provocam a libertação de insulina sem variar os níveis de glucose no sangue. Para introduzir o cálcio na tua alimentação, come dois iogurtes naturais por dia

LEIA TAMBÉM
Diabetes, podemos combater esta doença?

Vamos baixar o índice glicémico?

As frutas doces também contam
Não há razão para não comeres fruta, mesmo as frutas mais doces. O açúcar da fruta ou frutose absorve-se mais lentamente que a glucose e metaboliza-se principalmente no fígado, pelo que tem um IG menor que alguns alimentos com o mesmo teor de hidratos de carbono

Cuidado com a maltose
As aparências enganam, a maltose é o único açúcar que possui um IG maior que a glucose (110), ainda que seja um hidrato de carbono mais complexo (a maltose é um dissacárido, formado por duas moléculas de glucose) 

A mistura altera o produto
Os vários alimentos numa refeição fazem com que o IG varie. As gorduras e as proteínas tendem a prolongar a digestão. Os hidratos de carbono misturados com alimentos gordos ou proteicos costumam ter um IG menor.

 

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos