Cadela corre com ultramaratonista 123 km

gobi1

Na Gobi March 2016, no deserto de Gobi, na China, prova com a distância de 250 km, o ultramaratonista Dion Leonard foi surpreendido durante oi trajeto com a chegada de uma cadela, que correu ao seu lado durante 123 km…

 

Partilhe pelos amigos e faça um LIKE na nossa página. Obrigado!

 

gobi2

Mostrando uma enorme condição física, a cadela Gobi correu quatro das seis etapas da prova, dividida em sete dias. A relação do animal com o seu novo dono cativou tudo e todos, já que Dion mostrou um enorme coração com a cadela, que também jamais abandonou o ultramaratonista, que agora pretende levar Gobi para Edimburgo, Escócia, onde vive.

Para isso, o ultramaratonista criou uma página de crowdfunding para levantar os fundos necessários, já que são necessários 5 mil libras para tal (cerca de seis mil euros). Já conseguiu 18 mil libras (21 mil euros). O dinheiro a mais será entregue a canis que abrigam cachorros abandonados.

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos