Ai Jesus!… As… minhas… pernas…

tube

No domingo, dia 17 de abril, realiza-se o Valtellina Vertical Tube Race, já considerado «O KM Vertical mais duro do Mundo», epíteto ganho em apenas uma edição. Acontece em Itália e só os mais aptos são capazes de terminar esta prova, que, só de ver o vídeo, já é desgastante…

 

Partilhe pelos amigos e faça um LIKE na nossa página. Obrigado! 

 

A prova é disputada em Montagna in Valtellina, na província de Sondrio, em Itália. No ano passado, os vencedores foram o italiano Bernard Dematteis e a britânica Emmie Collinge, dois especialistas neste tipo de prova.

O Valtellina Vertical Tube Race soma 2700 degraus e apresenta 500 metros de desnível positivo, ou seja, um desafio que não é definitivamente para todos, embora a edição deste ano tenha aumentado o número de inscritos, tanto amadores como profissionais, oriundos de 11 países, entre eles Brasil, Colômbia, Estónia, Dinamarca e Espanha.

As provas começam de manhã para os atletas amadores (intervalos de 30 segundos), enquanto os profissionais correm (ou andam…) à tarde (intervalos de um minuto).

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos